o patrocínio e o tempo

Outro dia assisti ao filme Pelé Eterno. Como não poderia deixar de ser lá estava a cena do milésimo gol. Os tempos eram outros e no campo de jogo não havia nenhuma placa com a marca de patrocinadores. Na túnel que dá acesso para a saída do Maracanã, pintado em letras pretas numa parede branca, estava escrito, Café Palheta.Não sei quantas vezes o milésimo gol foi reprisado até hoje. Nem sei se o tal café ainda existe. Mas sei que toda vez que esse gol for reprisado o café palheta continuará lá. Quando uma empresa patrocina um esporte ela pode estar associando sua marca a um momento inesquecível, e é nesse momento que o consumidor é atingido em cheio pela mensagem do patrocinador. Ele começa então a associar a marca a uma coisa boa, que despertou grande emoção. Qual será a conseqüência? Obviamente o consumidor ficará sugestionado a consumir a marca com a qual teve uma experiência que para ele foi única.

por que as empresas patrocinam?

A resposta é simples. Patrocinam porque é um bom negócio. Os patrocinadores encaram o patrocínio como investimento. E todo investimento tem que ter o maior retorno possível. Quase sempre eles tem como objetivos:Aumentar as vendas, valorizar a marca e melhorar o relacionamento com os clientes e fornecedores.
E quando a ação promocional de patrocínio é bem direcionada, invariavelmente eles conseguem seus objetivos.
Ainda vou comentar neste espaço, como que o consumidor fica sugestionado pelas ações de patrocínio.
Mas isto fica para outro post. Até lá

o patrocínio

Com o último post, creio que toquei nos principais pontos que devem ser observados para uma avaliação consistente. Nos próximos pretendo escrever um pouco sobre patrocínio. O que é patrocínio? Por que as empresas patrocinam? Mas vou começar esse assunto na semana que começa dia 26/11, depois que voltar de viagem. Até lá.