Fórmula 3 Brasil.

Motor quebra, e Carlos Cunha Filho abandona corrida da F3 Brasil em Cascavel.

Assim como no sábado, Piloto EMS protagonizou a principal disputa da prova com Pedro Cardoso.

 

 

 

Carlos Cunha Filho abandonou a disputa da corrida de encerramento da terceira etapa da Fórmula 3 Brasil, realizada na manhã deste domingo (17) no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR). O piloto da equipe Cesário F3 foi um dos destaques da prova, mais uma vez por conta de uma batalha por posições com Pedro Cardoso. Mas na 22ª volta o motor do carro número 54 deixou o mais jovem competidor do grid na mão, abandonando a prova.
Largando da sétima colocação, Cunha Filho avançou para o terceiro posto após incidentes na volta inicial com Luís Felipe Branquinho, Christian Hahn, Artur Fortunato e Matheus Muniz. A relargada aconteceu na quarta volta, e o dono do carro número 54 cometeu um erro, caindo para a quarta posição ao ser superado por Cardoso.
A partir deste momento, os dois passaram a brigar pela terceira colocação, e o piloto do time de Augusto Cesário reclamou da forma de defesa de posição de seu oponente, que foi advertido e, posteriormente, excluído da corrida pela direção de prova. “Foram quatro tentativas e só não batemos porque eu tirei o pé em todas”, disse Cunha Filho.
A disputa seguiu até a 22ª volta, quando o motor do Dallara F309 número 54 estourou na reta dos boxes do traçado cascavelense. Mas, ao contrário do que possa parecer, o piloto apoiado pela EMS vê o problema como algo que poderá ser positivo para a sequência do campeonato. “Acho que a fase ruim já passou. Daqui para frente, terei um motor novo e um carro totalmente revisado. Temos várias corridas pela frente e vamos trabalhar bastante”, explicou.
O resultado deste domingo jogou Carlos Cunha Filho para a quinta posição do campeonato da Fórmula 3 Brasil, com 29 pontos. A liderança é de Matheus Iorio, também piloto da Cesário F3, que venceu as três corridas do final de semana, avançando para 75 pontos.
A próxima etapa da Fórmula 3 Brasil acontece entre os dias 10 e 11 de setembro, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).
3ª Etapa F3 Brasil – Corrida 2:
1-) 34 Matheus Iorio (Cesario F3) – 31 voltas em 30min59s365 (mpédia de 183,5 km/h)
2-) 77 Guilherme Samaia (Cesario F3) – a 7s544
3-) 12Christian Hahn (CF3) – a 45s370
4-) 87 Leonardo Raucci (RR Racing) – a 55s369
5-) 48 Renan Pietrowski (Prop Car Racing) – a 1 volta*
6-) 52 Pedro Caland (Hitech GP) – a 2 voltas*
7-) 36 Thiago Vivacqua (Hitech GP) – a 3 voltas
7-) 27 Matheus Muniz (Prop Car Racing) – a 3 voltas
9-) 41 Artur Fortunato (A Fortunato F3 Racing) – a 3 voltas
NÃO TERMINARAM
10-) 54 Carlos Cunha (CF3) – a 9 voltas
11-) 10 Luís Felipe Branquinho (RR Racing) – a 27 voltas
12-) 91 Leonardo de Souza (Kemba Racing) – não largou
EXCLUÍDO
43 Pedro Cardoso (Hitech GP)
VOLTA MAIS RÁPIDA: Matheus Iorio, 55s772 (197,5 km/h)
*Fórmula 3 Light
(Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas)
Classificação do Campeonato após três etapas:
1-) Matheus Iorio, 75 pontos
2-) Pedro Cardoso, 40
3-) Guilherme Samaia, 38
4-) Carlos Cunha, 29
5-) Thiago Vivacqua, 29
6-) Christian Hahn, 26
7-) Artur Fortunato, 24
8-) Leonardo de Souza – 22
9-) Matheus Muniz, 19
10-) Leonardo Raucci, 7
11-) Igor Fraga, 5
12-) Yurik Carvalho, 5
13-) Luiz Felipe Branquinho, 5

Foto: Duda Barros – Vicar

 

 

Deixe uma resposta