Fórmula 3 Brasil

 

 

Rio Grande do Sul recebe Fórmula 3 Brasil e busca manter tradição da categoria.

 
Autódromo de Tarumã foi palco diversas corridas memoráveis da fase sul-americana do agora torneio nacional.

A Fórmula 3 e o automobilismo gaúcho sempre tiveram uma ligação muito forte. Prova disso é a riquíssima trajetória dos pilotos do Rio Grande do Sul e na categoria, que realizou algumas de suas mais memoráveis corridas nos circuitos do estado. Esta história poderá ter mais um capítulo neste final de semana, quando o autódromo de Tarumã, em Viamão (RS), recebe a etapa de abertura da agora denominada Fórmula 3 Brasil, promovida pela Vicar e chancelada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).
A primeira corrida da história da então Fórmula 3 Sul-Americana, disputada no autódromo da cidade de Cascavel (PR), disputada no dia 26 de abril de 1987, foi vencida pelo gaúcho Leonel Friedrich, que viria a desbancar a maioria de pilotos argentinos do grid e faturaria o primeiro campeonato da categoria. Em terras gaúchas, a primeira corrida da categoria aconteceu em oito de novembro de 1987, com vitória do argentino Nestor Gabriel Furlán.
A categoria teve outras corridas memoráveis em solo gaúcho. Em 19 de novembro de 1989, Leonel Friedrich venceu mais uma vez no circuito de Tarumã, em uma prova marcada pelo fortíssimo calor e pela variedade de carros que participaram da prova no circuito de 3.016 metros desta pista: Leonel correu com um chassi Reynard equipado com motor Volkswagen desenvolvido pela Spiess. O argentino Luis Belloso, segundo colocado da prova, corria com um equipamento preparado pela Renault argentina, enquanto Christian Fittipaldi (piloto com passagens pela Fórmula 1 e Indy, e que atualmente disputa a United SportsCar nos Estados Unidos), usava um conjunto Reynard/Alfa Romeo. Pedro Muffato correu com um Dallara/Toyota, enquanto Nestor Gabriel Furlán usava um Dallara/Alfa Romeo.
A Fórmula 3 contou nos anos 1990 com outras grandes corridas no estado do Rio Grande do Sul. Este foi o caso da etapa de Guaporé na temporada 1990, vencida por Christian Fittipaldi, com Friedrich em segundo, seguido por Oswaldo Negri Júnior (também participante regular da United SportsCar) e Rubens Barrichello, recém-campeão da Fórmula Opel Europeia e que se tornaria o piloto com mais participações em provas da Fórmula 1. Em 1992, Furlán e Cezar Pegoraro, conhecido como “Bocão”, travaram grande disputa pela vitória debaixo de chuva em Tarumã, com vitória do argentino.
Em 1994, uma das temporadas com o melhor nível técnico da história da categoria, os autódromo da América do Sul (e por consequência, os gaúchos), viram nomes como Cristiano da Matta, Ruben Fontes, Ricardo Zonta e Hélio Castroneves – este último chegava a disputa como vice-campeão de 1993, após pilotos argentinos abandonarem a corrida decisiva, disputada em Buenos Aires para dar o título a Fernando Croceri – disputarem provas emocionantes.
Na última vez que a categoria passou pelo Rio Grande do Sul, mais uma vez por Tarumã, entre os dias 26 e 27 de outubro do ano passado, as vitórias das duas baterias realizadas ficaram com Felipe Guimarães, que venceria o campeonato na etapa seguinte.
As corridas da etapa de abertura da Fórmula 3 Brasil, acontecem no sábado e no domingo. Veja a programação:
Sábado (05/04):
08h30 às 09h10 – 1º Treino Livre
11h10 às 11h50 – 2º Treino Livre
14h20 às 14h40 – Classificação
16h55 – Corrida 1
Domingo (06/04)
10h25 – Corrida 2

Confederação Brasileira de Automobilismo
Relações com Imprensa
Dinho Leme
+55 (11) 3045-0836
+55 (11) 9 8339-7897
imprensa@cba.org.br

Deixe uma resposta