a empatia

Muito bem, o cara assistiu a uma vitória do seu time do coração. Viu jogadas fantásticas que despertaram grande emoção. Na sua cabeça, sabe quem proporcionou um espetáculo inesquecível ? Foi o patrocinador do espetáculo. Aí, começa a empatia. A marca torna-se a preferida do consumidor por estar associada a bons momentos da sua vida. Depois desse estágio é que vem a imitação. Que é tudo o que um diretor de marketing pode querer. Mas esse é um assunto para o próximo post.

Até lá.

Deixe uma resposta